Onde estou agora: EUA

Top

6 formas para viajar de graça de avião

“Me dá uma carona?” Perguntei à um piloto que abastecia seu avião na área de aviação geral do aeroporto de Everett nos EUA. Aquela pergunta talvez fosse minha iniciação para um mundo de oportunidades que foi aos poucos se revelando no meu caminho antes mesmo de eu me tornar um vagamundo.

“Para onde você quer ir?” Me perguntou o piloto. “Anywhere” respondi; para qualquer lugar. Antes que eu continue essa história, sem um final feliz, deixa eu te mostrar algumas formas bem mais fáceis de viajar de graça de avião do que conseguindo carona!

Da janela de um avião, a  vista para as nuvens e o mar ao entardecer

Durante um voo de graça com a American Airlines nos EUA

1. Overbooking:

A velha tática das linhas aéreas de vender mais passagens do que o número de assentos contando com o não comparecimento de alguns passageiros é mais comum do que parece. Com isso já ganhei vouchers para voar de graça quando me voluntariei para voar no dia seguinte com hotel e despesas pagas pela companhia. Para saber mais como se preparar para aproveitar dessa brecha, acesse esse post onde compartilho minhas experiências e dicas.

2. Milhas e pontos de fidelidade:

Acumular milhas é a forma mais tradicional de conseguir passagens sem ter que desembolsar o valor delas. Embora no Brasil seja bem mais difícil conseguir milhas que nos EUA, não deixa de ser uma forma que mereça sua atenção. Você não tem que voar para começar a acumular milhas, existem algumas maneiras de acumular pontos que se transformam em milhas:

1. Voando: Nunca deixe de fazer um voo com uma linha aérea sem se inscrever no programa de milhas da companhia ou de seus parceiros. Apenas possuir o cartão de milhas pode te ajudar a ganhar inclusive um upgrade para a primeira classe, como aconteceu comigo quando eu voei do Brasil para a Espanha. Fique atento e ponha na sua agenda as datas de expiração de suas milhas.

2. Acúmulo de pontos nos cartões de crédito: Os pontos que você acumula ao pagar sua fatura podem ser convertidos em milhas de passagem aérea. Certifique com seu banco se você está cadastrado em um programa de acumulação de pontos. Como converter os pontos em milhas para cada banco você pode conferir aqui nesse site maxmilhas.com.br. A revista exame também explora nesse artigo os melhores bancos para acumular milhas no cartão.

3. Cartões de crédito das companhias aéreas: A vantagem é que com esses cartões você ganha mais pontos por dólar gasto do que com os cartões convencionais e ainda você pode ganhar muitos pontos extras somente na contratação. (De mil a dez mil milhas no ourocard por exemplo. Nos cartões americanos o bônus da contratação chega facilmente à 40 mil milhas!)

Os melhores cartões de crédito segundo um levantamento do site Melhores Destinos você confere nesse link. Embora os melhores têm anuidades mais altas, se o seu gasto mensal for elevado o que você ganha em milhas pode compensar bem esse valor. Nunca deixe de ligar para as operadoras dos cartões de crédito para tentar um desconto ou mesmo a isenção da anuidade!

4. Pesquisas, bônus e promoções: Fique atento aos e-mails promocionais dos programas de milhas. Sempre há algumas formas de acumular milhas seja participando de alguma pesquisa, comprando algum produto pelo site deles, ou mesmo comprando passagens aéreas com o dobro de qualificação de milhas. Pelo multiplus por exemplo dá para ganhar até 1500 pontos por mês fazendo revisões de hotéis e lugares em suas viagens pelo TripAdvisor:

3. Amigos e familiares de tripulantes:

Amigos e familiares de tripulantes podem muitas vezes conseguir voar de graça ou pagando um preço mínimo. Acabei fazendo uma amizade especial com uma aeromoça da American Airlines e hoje eu posso voar de graça (tenho que pagar apenas algumas taxas e impostos) algumas vezes por ano para diversos lugares do mundo. Conseguir o assento em um voo que quero pode não ser muito fácil. O avião precisa ter assento vago e eu só vou ter certeza se embarcarei minutos antes de fecharem as portas do avião. Mas já que é de graça não dá para reclamar né?

4. Viajar nos aviões da FAB:

Sabia que é possível voar de graça nos aviões da Força Aérea? Não é preciso ser autoridade política nem militar para aproveitar e garantir o seu lugar em um voo completamente gratuito para diversas localidades do país. O próprio site da FAB te dá as informações e responde as suas dúvidas. Diariamente vários aviões da FAB de diversos portes viajam pelo território brasileiro com assentos vagos que podem ser usados por todos os cidadãos brasileiros. Siga esses passos e garanta seu voo:

1. Encontrar o Correio Aéreo Nacional (CAN) mais próximo de sua residência ou de onde você deseja embarcar e solicitar a inscrição para voos da FAB:

Telefones do Correio Aéreo Nacional

Região Sul:
Canoas/RS – (51) 3462-5166
Florianópolis/SC – (48) 3229-5021
Santa Maria/RS – (55) 3220-3309
Região Sudeste:
Pirassununga/SP – (19) 3565-7025 / 3565-7205
Rio de Janeiro/RJ – (21) 2138-4215
São Paulo/SP – (11) 2465-2038 / 2465-2039. Em São Paulo, enviar e-mail à: pcan-gr(at)basp.aer.mil.br e solicitar o formulário de inscrição.
Região Centro-Oeste:
Brasília/DF – (61) 3365-1002
Campo Grande/MS – (67) 3368-3126
Região Norte:
Belém/PA – (91) 3182-9327
Boa Vista/RR – (95) 4009-1036
Manaus/AM – (92) 2129-1729
Porto Velho/RO – (69) 3211-9722 / 3211-9725
Região Nordeste:
Fortaleza/CE – (85) 3216-3195
Natal/RN – (84) 3644-7135 / 3644-7136
Recife/PE – (81) 3322-4182 / 3461-7653
Salvador/BA – (71) 3377-8225

2. Solicitar um assento para o destino desejado. Claro que provavelmente você não vai conseguir uma vaga da noite para o dia para Fernando de Noronha, por exemplo. Aconselho perguntar quais os destinos mais frequentes saindo da base aérea mais perto de você para te ajudar na programação da sua viagem.

Na minha breve visita ao Brasil procurei voar dessa forma mas infelizmente não existe uma base do Correio Aéreo Nacional em Minas Gerais e eu teria que me deslocar para o Rio de Janeiro ou São Paulo para pegar um desses voos. Se você já conseguiu voar assim, me escreva ou compartilhe sua experiência nos comentários!

5. Trazendo encomendas para o Brasil:

Outra forma que já consegui pagar muitos outros voos é trazendo coisas na mala por encomendas. Você não precisa extrapolar o limite de U$500 da alfândega para pagar uma passagem. A receita permite que você traga um celular e uma câmera fotográfica usados e outros bens pessoais. Infelizmente laptop não é considerado bem pessoal, mas pense comigo: Se você compra uma câmera profissional (e uma lente) nos EUA por U$1000 e a usa antes de trazer ao Brasil, você pode vender a mesma depois de alguns meses de uso por mais de 6000 reais! Considerando que não é muito difícil achar passagens para os EUA por menos de R$1500, não preciso fazer as contas, não é mesmo? Falando nisso alguém aqui está precisando de uma câmera profissional da Canon? 😛
Mesmo dentro do limite da receita, é possível comprar produtos semi-novos em perfeito estado em sites como e-bay, craigslist e mesmo amazon por menos de U$500 e vender no Brasil mais tarde por mais de R$2000. Ou se preferir você pode usar o site cabenamala.com.br  para trazer encomendas e receber por isso!

Nos Estados Unidos muita gente já teve a passagem internacional paga fazendo serviço de “Air-Courier” ou seja, trazendo produtos corporativos com sensibilidade de tempo na mala. Uma mercadoria pode vir muito mais rápido ao destino vindo com um passageiro do que usando o correio aéreo (ou marítimo, claro) convencional. Embora seja mais difícil encontrar alguém disposto a pagar sua passagem para trazer um produto abaixo de U$500, você pode considerar trazer coisas que você saiba que a sua família ou amigos estão precisando.

Confira as regras para bagagens de passageiros da Aduana nesse link para não fazer nada errado!

6. Criatividade.

Use a imaginação e garanta a sua forma única de viajar! Antes mesmo de eu me tornar um viajante em tempo integral eu viajei algumas vezes aos EUA com a passagem paga apenas ajudando amigos a pintar suas casas. Uma vez por exemplo, em um feriado de 3 dias mais o final de semana, me pagaram um voo para a Califórnia, onde pintei uma casa por dois dias enquanto nos outros três dias a dona da casa me levou para viajar e conhecer outros lugares lá perto de onde estávamos como São Francisco e Monterrey. Não ganhei nada pelo serviço, mas voei de graça, comi de graça, conheci algumas cidades e ainda fiz amizades antes de voltar para as aulas na UFMG na próxima segunda-feira.

Criatividade envolve pensar em formas de viajar que se adaptam à seus contatos, seu estilo e por que não, seus sonhos! Eu sempre sonhei voar e me tornar piloto e assim, no segundo dia da minha primeira viagem para o exterior eu decidi visitar a fábrica da Boeing em Seattle. Após a visita comecei a andar sozinho pelo aeroporto e eu me vi no mundo dos meus sonhos. Nunca tinha visto tanto avião pequeno em um mesmo espaço na minha vida e não havia nenhum segurança para barrar minha entrada naquele lugar. Quando eu vi o próprio piloto abastecendo seu avião, eu juntei toda a coragem do mundo e pedi para voar com ele.

Naquela época eu era muito tímido (para não dizer extremamente) mas o sonho de voar falou mais alto e eu soltei aquela pergunta que abre esse texto. O cara deve ter pensado que eu era um louco ou um terrorista com meu inglês enferrujado e sotaque carregado e me mandou procurar uma escola de voo ali perto. Morrendo de vergonha fui lá descobrir o preço para fazer um voo de experimento e confirmar que meu sonho de voar não se tornaria realidade tão cedo.

Embora eu não tenha conseguido aquela carona, alguns anos depois acabei conseguindo uma carona de helicóptero na Flórida! Conheço também uma amiga que já conseguiu uma carona em um avião militar na Venezuela! O que eu sempre tento me convencer quando estou prestes a pedir ou fazer alguma coisa assim é que a pior coisa que pode me acontecer é ganhar um “não”.

O que você acha? Compartilhe suas experiências nos comentários abaixo principalmente se conhecer outras formas de voar de graça!

, , , , , , , , ,

40 Comentários à 6 formas para viajar de graça de avião

  1. Thiago 28/03/2017 at 12:38 #

    Boa tarde ! Como vai ?
    Estava lendo algumas da suas dicas de viagens e experiencias, achei bastante interessante e notei que vc é de BH,(acertei ?)
    Também moro em BH, morei em Lisboa por um tempo.
    Podemos trocar uma ideia depois e quem sabe fazer um boa amizade. thiagoteo@yahoo.com.br
    Abraços.

    • Gusti 15/05/2017 at 01:31 #

      Fala Thiago,

      Não moro no Brasil, (nem lugar algum há 7 anos, hehe mas sim, sou de lá!) Me busca nas mídias socias, vagamundagem ou gusti junqueira

  2. Luana 20/03/2017 at 16:05 #

    Oi boa tarde, eu não entendi muito esses sites de hospedagem m gratuita tem alguns hotel que comprarbra uma taxa né isso

  3. marcelo 08/02/2017 at 17:11 #

    Ola possível termos contato via email/? Meu marcelo181183@hotmail.com

  4. Gléberton Igor 29/10/2016 at 02:48 #

    Cara, fiquei impressionado pelas formas que existe de viajar quase de graça *–*
    Estava aqui procurando passagens aéreas internacional e não tive bom resultado na minha busca, tudo cara, pelo menos pro meu bolso, mas acabei achando o seu site que me deixou fascinado em uma parte que eu li, quando você falou que quem tem amigo tripulante pode deixar sua passagem quase de graça, pagando apenas taxas de aeroporto, olhei ao meu redor e vi que não tenho nenhum amigo tripulante, mas você poderia me ajudar a realizar um sonho de criança através da sua amiga da American Airlines, por favor, me ajude se for possível!
    eu gostaria de viajar para a cidade de Birmingham-UK, gostaria muito de passar o natal na casa de uma amiga que mora lá, só em voce responder essa postagem ja vou ficar feliz…

    • Gusti 18/03/2017 at 08:18 #

      Oi Gléberton, infelizmente não posso ajudar nesse sentido…Boa sorte!

  5. Diego Lopes 19/10/2016 at 11:36 #

    Achei muito interessante da parte de viajar em troca de trabalho e com hospedagem e alimentação incluso, cara como conseguir os contatos de pessoas de outros países que estão precisando de ajudo em algum tipo de trabalho?

    • Gusti 18/03/2017 at 08:09 #

      Worldpackers, workaway, woofing são algumas opções Diego!

  6. renato da conceiçao anani ananias 21/09/2016 at 18:57 #

    MUITO LECAL GOSTARIA DE APROVEITAR ESSAS OPORTUNIDADES

  7. guilherme 30/08/2016 at 13:08 #

    cara, achei incríveis as suas experiencias e agradeço as dicas.
    esses tipos de experiencias nos transformam, fazem com que além de conhecermos lugares,culturas e pessoas incríveis nos faz conhecer nós mesmos !
    quero muito viajar o mundo aprender e ensinar diversas coisas, descobrir milhões de coisas, fazer amigos torna-los parte da minha familia assim como o mundo fará parte de mim rss

    se você ou alguém aqui tiverem mais dicas ou até contatos que possam me ajudar a viajar, quero ir para os estados unidos
    e se eu puder ajudar de alguma forma contem comigo

    meu whats (11)98884-8136

    • Gusti 18/03/2017 at 07:51 #

      Boa sorte Guilherme! Essa é atitude certa!

  8. Elza Tieco Yajima habara 05/06/2016 at 08:56 #

    Vc é daqueles q pelo mundo afora me amam e q eu os amo : sou viajante desde os 7 anos -com papai e mamãe p o casamento da prima -aos 20 -casei-me c um aspirante da AMAN -19mudancas -marido sempre enxotado pelo comandante .24 anos voando e criando 3 filhas -2 netos como vc.Premios p Fr e Ca -marido bravo : pedi minha alforria .Pedida em casar , morei em Paris -2a4 viagens por ano Br/Fr e 3 voltas ao mundo Acabo de fazer amizades ,deixar um pouco meu coração no Báltico e St Petersburgo (45dias /trem-bus/avião eSiljaSerenade)-como vc aconselhou alguém.Pratiquei 25 anos tênis -fã de Nadal :corpo e cara de estudante .Minha idade 74 (sou de 42 !)anos de felicidade !Resposta p meu neto : só me arrependo daquilo q não fiz .Parabens p vc e q os q o leem ,realizem muito mais q nós dois .Bjs

    • Gusti 12/06/2016 at 10:30 #

      Poxa Elza! Tenho certeza que adoraria conhecê-la! Volte sempre aqui, pro favor e nos deixe um pouco mais de suas experiências!

  9. Caroline 11/04/2016 at 22:49 #

    Amei esse site
    bem tive uma experiencia de viajar pela Fab quando fui pra Sao Paulo.

    Madruguei la porque a base deles e muito longe da casa dos meus pais nessa epoca eu estava namorando,primeiro teve uma parada em Brasilia e depois no rio de janeiro ai isso foi em 2005 depois que foi pra sao paulo ,posou no aeroporto de Marte se nao estou enganada.

    Foi uma experiencia bem incrivel.

    • Gusti 12/06/2016 at 15:02 #

      Poxa, que legal saber de alguém que fez isso! Obrigado por comentar Caroline! 🙂

  10. Alvim 10/01/2016 at 20:15 #

    muito legal suas dicas ate peguei o n de tel do can de sao paulo preciso ir a Imperatriz do maranhao amanha mesmo vouvme informar valeu mesmo

    • Gusti 12/06/2016 at 16:16 #

      Por nada! Tomara que de certo! 🙂

  11. Charlleston D Eaquivel 09/12/2015 at 04:10 #

    Po vlw pelas dicas, achei seu site procurando no Google como viajar de graça.

    • Gusti 12/06/2016 at 16:16 #

      Aproveite Charlleston, que possa viajar muito!

  12. Wellington Nunes 16/11/2015 at 21:06 #

    Alguém poderia me ajudar? Alguém tem parente tripulante que poderia me ajudar?

  13. Wellington Nunes 16/11/2015 at 21:00 #

    Minha avó faleceu hoje em são paulo, e gostaria de ir vê-la será que consigo ir de graça aqui de Recife assim muito em cima?

    • Gusti 12/06/2016 at 16:15 #

      Assim em cima fica difícil Wellington, desculpa por não poder ajudar…

  14. Carlos Aurelio Pires 12/11/2015 at 19:28 #

    Obrigado pelas dicas, tentarei conseguir entrar em contato com a FAB.

  15. Lucas 22/10/2015 at 12:25 #

    Achei sensacional. Só to procurando uma forma de ir pra Portugal de graça, dólar tá caro e vai sair do meu orçamento pagar as passagens aéreas. Tenho alimentação e local pra ficar garantidos por lá, a família da namorada do meu amigo mora em Lisboa e deixaram as portas abertas pra mim, desde q eu consiga chegar lá. kkk Se tiver alguma dica pro meu caso, gostaria de ouvir / ler!

    • Gusti 12/06/2016 at 16:14 #

      Oi Lucas, fora acumulo de milhas ou pontos não consigo pensar numa solução agora, desculpe…

  16. Luísa 11/09/2015 at 14:10 #

    Ei Gusti!! E pra Austrália?? Vc tem alguma dica? As passagens do Brasil sempre são muuuito caras o que aperta muito qualquer orçamento!!
    Ahhh! E eu adoro pelo blog! Desde que descobri não paro de acompanhar e to criando coragem pra sair vagamundando por aii!! Bjss!!

    • Gusti 21/09/2015 at 20:15 #

      Ei Luísa,

      Para a Austrália? Uhmm.. Sei que tem companhias low cost que viajam do sudeste asiático para Austrália como a AirAsia, mas ai teria que achar passagem para Singapura ou Indonésia ou Tailândia… que também dependeria de boas promoções, mas você poderia de quebra conhecer mais países… Você pode usar o itasoftware todos os dias procurando passagens de Brasil para Australia e esperar uma promoção. Hora ou outra parece uma!

      Até hoje não conheci a Austrália por ser um país mais caro que meu orçamento, mas morro de vontade de conhecer! A ideia seria achar um bico por lá para ajudar no custei e para isso tem um site chamado gumtree que pode ajudar…

      Fico feliz que curte o blog! 🙂 Boas vagamundagens!

  17. Lilian 16/08/2015 at 01:02 #

    Será que seria “fácil” viajar pra Rússia de graça ou pagando um preço beeem mais em conta do que o normal? Preciso ir pra lá ainda este ano, mas fui pesquisar os preços das passagens e quase fiquei roxa de espanto, super caro.

    • Gusti 23/08/2015 at 20:47 #

      Oi Lilian, eu procuraria passagens para qualquer lugar da Europa (de preferência leste Europeu) e de lá procuraria uma companhia low cost como a easy jet para fazer o voo até a Rússia, ou se tiver tempo, faça como eu fiz, vá de ônibus mesmo e conheça outros países!

  18. Maichel Depcke 17/07/2015 at 00:18 #

    Só uma pergunta, como vc faz para estar fora do Brasil, por questão de vistos?

    • Gusti 22/07/2015 at 14:39 #

      Olá Maichel,
      Simples, se um país requer vistos para entrada eu peço o visto se não apenas respeito as regras de permanência…

  19. Nicéia 30/03/2015 at 19:39 #

    Fantástico, contei a amigos q simplesmente falaram nossa Nicéia sua cara, vai levar a Thayna? Q guerreira. Thayna minha filha viajo só com ela desde os 5 anos. SÓ falo português mas adoro viajar e ela de conversar com gente diferente, fui para Buenos Airws ela fez mais amizades q eu. Adorei todas as dicas.

    • Gusti 28/04/2015 at 04:43 #

      Ah que bacana Nicéia! Tenho sempre interesse em ouvir histórias de quem viaja com os filhos, depois passa aqui para contar mais de suas viagens! Em algumas semanas vou viajar com os meus pais (para fora do país) pela primeira vez, ehehe. Abraços!

  20. Lucas 14/01/2015 at 21:23 #

    Ótimo post, Gusti! É por isso que eu te digo, informação vale mais que dinheiro! Dinheiro acaba quando você usa mas informação, umas vez adquirida, nunca sai da cabeça e você pode usar quantas vezes quiser pra inclusive ganhar ou economizar dinheiro! Tá ai seis bons exemplos! Mas você me deixou curioso com essa história no início ai! Será o proximo post?

    Aquele abraço!

    • Gusti 17/01/2015 at 10:02 #

      Fala Lucas, vou pensar num post com esse título: “informação vale mais que dinheiro” e colocar os inúmeros exemplos de como isso me ajuda a viajar! A historinha eu continuo no final do post! hehe

  21. Vitor Luiz 14/01/2015 at 09:22 #

    Gustavo! Muito interessante essa história de viajar com a FAB.. nunca tinha ouvido falar sobre isso (nem acredito que essa informação seja divulgada em lugar nenhum!). Você conhece alguém que já viajou dessa maneira? O fato de ligar para o CAN é para fazer uma “reserva” no voo?
    Se for tão simples quanto aparenta ser, a FAB vai se tornar minha companhia aérea favorita! haha

    • Gusti 14/01/2015 at 11:00 #

      Oi Victor,

      Sim já ouvi gente que conseguiu, mas não vá pensando que seja muito fácil, depende muito da região de onde você estiver voando! Você tem que ligar no CAN para se inscrever como passageiro. Mas como não há um procedimento padrão, cada CAN terá suas próprias regras. Aproveite a oportunidade e depois passe aqui para contar sua experiência! 🙂

      Abraço!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como viajar para dentro e para fora do país completamente de graça? - Fatos Desconhecidos - 05/10/2015

    […] Fonte: Vagamundagem […]

Me diga o que achou, deixe um comentário abaixo: