Onde estou agora: Nova Zelândia

Top

Um giro pela América Central, "no meio do caminho" – Costa Rica

Sábado a noite depois da lição de helicóptero, cheguei em casa e recebo uma surpresa: A tão esperada carta com a resposta do meu pedido de extensão de visto de estudante. No fim da segunda página uma palavrinha mudaria completamente meus planos para pelo menos as próximas duas semanas. O pedido foi “denied”, negado! E ainda que houvesse um erro por parte do serviço de imigração dos EUA em relação ao tipo do visto em questão, a partir do momento em que eu recebi a carta, me tornava mais um cidadão ilegal nas terras do Tio Sam! Para não prolongar esse status non grato, passei a madrugada procurando um voo “bom” e barato, e no Domingo, já me embarcava para Costa Rica.
Foram apenas dois dias. No primeiro, caminhei durante horas pela ruas da capital, San Jose. A cidade lembra algumas cidades de médio porte brasileiras. Devo confessar que fora o enorme número de maritacas que gritavam e voavam aos bandos pelo centro da cidade, em um dia (chuvoso), nada chamou muito minha atenção. O povo me pareceu simpático. Começando com um piloto da Taca que voava ao meu lado como passageiro junto com a família no voo de Los Angeles a San Jose e fechando com chave de ouro com a divertidíssima Anita, com quem passei o segundo dia viajando ao Vulcão Poás. Mesmo já tendo estado em várias “expedições” a outros vulcões, na América do Sul, Hawaii, e Estados Unidos, esse foi o primeiro em que eu pude presenciar o que se qualifica um vulcão como “ativo”. A fumaça era espessa e constante, mas sua cor branca parecia inofensiva apesar do cheiro de enxofre e do calor. Um pouco mais de caminhada numa trilha de uma verdadeira mata com lindos pássaros e um verde exuberante nos levou à uma outra cratera, inativa, onde um lindo lago azul se formou. Mas essa cor também colore outras águas nesse país, que é banhado pelo Caribe e também pelo Oceano Pacífico. Essas águas porém, espero navegar em uma outra oportunidade!
Costa Rica, Outubro 2011

4 Comentários à Um giro pela América Central, "no meio do caminho" – Costa Rica

  1. Anonymous 25/11/2011 at 11:57 #

    Caro Gustavo Junqueira, realmente me confundi, apesar de ter lido toda a matéria na minha cabeça jurava que estava falando da República Dominicana, confundi as capitais, você falou de San José e imaginei Santo Domingo, nada a ver né! rrs Mas respondendo sou mecânico de aeronaves e trabalho no Corpaer da PMMG. Também como você estou iniciando na profissão.

  2. Gustavo Junqueira 25/11/2011 at 02:29 #

    Caro Anônimo,
    Muitíssimo obrigado pelo comentário e pelo interesse em seguir o link da reportagem, mas a Costa Rica assim como o país vizinho ao sul, Panamá e ao norte Nicarágua, são banhados pelo mar do caribe a leste (atlântico) e pelo Oceano Pacífico a oeste. Talvez você não estaria confundindo com Porto Rico? Você é mecânico de avião ou de carro? Um dia posso precisar da sua ajuda! hehe Valeu!

  3. Anonymous 25/11/2011 at 00:14 #

    Caro Gustavo Junqueira, tomei conhecimento do seu blog através da matéria no jornal hoje em dia. Estou lendo e está de parabéns, também milito nesta apaixonante área que é a aviação, sou mecânico em BH. Mas gostaria de corrigir um dado no texto acima, retire a palavra pacífico e acrescente atlântico, ficará mais correto. A costa rica não é banhada pelo Pacífico.
    Mas está muito bom a qualidade de suas postagens. Parabéns

  4. Anonymous 20/10/2011 at 18:17 #

    Teste – Engraçado, pq tanta gente me escreve dizendo que não conseguiu comentar? Acabo de escrever como anônimo… Gustavo Junqueira

Me diga o que achou, deixe um comentário abaixo: